Itaú Unibanco Holding S.A.


Em menos de dois anos de iniciada a fusão entre os bancos, o Itaú Unibanco conseguiu concluir a integração de toda a base de pontos de atendimento pelo Brasil. As agências e PABs (postos de atendimento bancário) do Unibanco foram totalmente reformadas e integradas aos pontos do Itaú.

Em 2010, o Lucro Líquido recorrente acumulado alcançou o montante de R$ 13,0 bilhões, 24,1% maior do que no mesmo período de 2009. Esse resultado deveu-se, principalmente, ao aumento de 9,4% da margem financeira com clientes, à evolução de 15,1% das receitas de prestações de serviços e de tarifas bancárias e à melhora de 17,7% do resultado de créditos de liquidação duvidosa. Nesse período observamos também o crescimento de 10,0% das despesas não decorrentes de juros, devido principalmente ao processo de migração das agências do Unibanco para a plataforma do Itaú finalizado em outubro de 2010. As despesas de migração incorridas em 2010 totalizaram R$ 835 milhões. Caso não fossem consideradas estas despesas, o lucro líquido recorrente em 2010 teria alcançado R$ 13,5 bilhões.

O ativo total em 31 de dezembro de 2010 alcançou R$ 755,1 bilhões, uma evolução de 24,1% sobre 2009, e o patrimônio líquido totalizou R$ 60,9 bilhões, com retorno recorrente sobre o patrimônio líquido de 23,5%.

A carteira de crédito, incluindo operações de avais e fianças, totalizou R$ 335,5 bilhões ao final de 2010, com acréscimo de 20,5% no saldo das operações em relação ao ano anterior. No segmento de pessoa física, os destaques foram as carteiras de cartão de crédito, veículos e crédito imobiliário, com crescimentos de 19,2%, 15,1% e 53,7% no período de 12 meses, respectivamente. Vale ressaltar no segmento de pessoa jurídica o desempenho da carteira de grandes empresas com crescimento de 15,6% no ano, e de micro, pequenas e médias empresas, que cresceram 31,2% no período de 12 meses.

Em 2010, pelo 2º ano consecutivo, o Itaú Unibanco figurou entre os 10 maiores bancos do mundo, com valor de mercado de R$179,6 bilhões em 31 de dezembro de 2010, segundo a Bloomberg.


"O banco é o maior ativo da Itaúsa e todos os bons resultados que conseguimos evidentemente repercutem na holding. Por sermos uma empresa muito grande e de ponta em diversos aspectos, muitas coisas que são feitas no banco são inspiradoras para as outras empresas controladas pela Itaúsa. Em 2010 a gente trabalhou muito para dentro e agora possuímos a base necessária para enfrentar os grandes desafios que temos pela frente e crescermos de maneira sustentável"

Roberto Setubal

CEO do Itaú Unibanco


topo