Destaques


A Itaúsa - Investimentos Itaú S.A. controla um dos maiores conglomerados privados brasileiros por volume de receitas. Uma das primeiras holdings puras de capital aberto brasileira, a Itaúsa foi criada para centralizar as decisões financeiras e estratégicas de um conjunto de empresas, propiciando-lhes melhores condições de expansão.

As empresas do Conglomerado Itaúsa, mesmo atuando em áreas tão diversas como os setores financeiro e imobiliário, indústrias de painéis de madeira, louças e metais sanitários, química e eletrônica, abrangendo setores de consumo, informática, componentes, serviços e Internet, têm algo em comum: a visão Itaúsa da maneira de desenvolver e gerir cada um dos seus negócios. Os princípios de valorização do capital humano, a ética nos negócios e a geração de valor para os acionistas de forma continuada e sustentável são a marca de todas as companhias do Conglomerado. Estes princípios fundamentam sua competitividade por meio da melhoria contínua da qualidade dos serviços e produtos, com base no desenvolvimento próprio e na absorção das mais modernas tecnologias disponíveis, o que tem proporcionado ao Conglomerado a liderança em diferentes setores.

Neste contexto, nossa política de Relações com Investidores baseia-se em fornecer subsídios que sejam suficientes para a decisão de investir em ações da Itaúsa, através da divulgação de informações com transparência e qualidade, caracterizadas pelo profundo respeito aos princípios legais e éticos, buscando consolidar e manter a imagem de liderança e inovação da empresa junto ao Mercado de Capitais. Para isso, temos um sistema de comunicação pró-ativo para com o mercado de capitais, baseado em:

  • Website de Relações com Investidores (www.itausa.com.br), disponibilizado em Português e Inglês, em versões idênticas. O site de RI desempenha papel relevante na comunicação com o Mercado, estabelecendo de forma dinâmica e democrática a oportunidade de um contato direto dos acionistas, investidores, analistas especializados, público acadêmico, mídia e outros agentes do Mercado com a Itaúsa.
  • Reuniões APIMEC - A Itaúsa realiza desde 2002 reuniões anuais com os associados da APIMEC - Nacional em São Paulo;
  • Teleconferência com os Analistas - A Itaúsa realiza teleconferências anuais para divulgar seu resultado consolidado do ano. São realizadas em português e em inglês, e conduzidas pela Alta Administração com a participação dos Diretores de Relações com Investidores das companhias abertas controladas pela Itaúsa;
  • Relatório Anual - O Relatório Anual Online da Itaúsa pode ser acessado através do site de RI, e é publicado desde 2000;
  • Mecanismo de envio de E-mail Alert, cuja base de dados conta com mais de 7.500 usuários cadastrados. Todo fato relevante emitido pela Itaúsa é, imediatamente após o envio às autoridades competentes, enviado a estes usuários por e-mail, constituindo-se em um meio de disseminação ágil e eficiente das informações sobre a empresa. Todo o histórico destas informações também fica disponível no site de RI.

A Itaúsa vem se empenhando em gerar cada vez mais valor para seus acionistas implantando ações que reforcem sua governança corporativa e conseqüentemente a atração de mais investidores:

  • A Lei das S.As. define o Conselho Fiscal como um órgão de defesa dos interesses dos acionistas de um companhia aberta. O Conselho fiscaliza os atos da administração e emite pareceres e opiniões sobre as atividades da empresa, principalmente no tocante às demonstrações contábeis. O Conselho Fiscal pode (ou não) ser instalado anualmente pela Assembléia Geral dos Acionistas e a ele compete fiscalizar os atos dos administradores, examinar as demonstrações contábeis e opinar sobre o relatório anual da administração. Instalado ininterruptamente desde 1997, conta com 3 profissionais independentes do grupo controlador, sendo que um deles é eleito pelos acionistas preferencialistas;
  • Adesão voluntária ao Nível 1 de Governança Corporativa da Bolsa de Valores de São Paulo em 26 de junho de 2001. Dentre os compromissos que assumimos destacam-se: a manutenção em circulação de uma parcela mínima de ações, representando 25% do capital, para garantir liquidez aos papéis, e uma grande quantidade de informações que devemos informar aos acionistas e ao mercado de capitais a cada trimestre.
  • Em 30 de abril de 2002 os acionistas aprovaram uma mudança nos direitos das ações preferenciais conferidos no estatuto - o Tag Along. Na hipótese de mudança de controle da empresa, os novos acionistas controladores estarão obrigados a estender oferta pública aos acionistas detentores de ações preferenciais nas mesmas condições oferecidas aos acionistas detentores de ações ordinárias não integrantes do grupo de acionistas controladores (Tag Along);
  • Comitê de Ética, Divulgação e Negociação - O comitê tem a função primordial de administrar as Políticas de Divulgação de Ato ou Fato Relevante e de Negociação de Valores Mobiliários de emissão da própria Companhia. Seu escopo de atuação abrange um leque de ações internas destinadas a melhorar os fluxos de informações e zelar pela conduta ética de seus administradores e colaboradores signatários. O Itaú foi pioneiro, entre as sociedades anônimas de capital aberto no Brasil, na criação e operação desses comitês de governança. A Instrução 358 da CVM estabeleceu a obrigatoriedade de as companhias abertas adotarem uma Política de Divulgação e facultou a adoção de uma Política de Negociação. Além de adotar ambas as políticas, a Itaúsa ampliou o escopo da Instrução com a criação dos comitês, que não era uma exigência específica contida na legislação;
  • O Programa de Reinvestimento de Dividendos (PRD) permite o investimento automático dos dividendos na compra de ações da Itaúsa, aumentando assim a participação do acionista no capital social da empresa. Trata-se de uma alternativa segura, eficiente, sistemática e organizada de compra de ações, que permite combinar ofertas de compra de ações individuais com as ofertas de todos os outros acionistas que aderiram ao PRD, possibilitando assim o aumento de volume de investimento e a conseqüente redução das tarifas de corretagem comparadas a uma aquisição regular de ações. Todas as compras realizadas através do PRD são feitas pela Itaú Corretora;
  • Pela décima segunda vez, a Itaúsa foi incluída na carteira do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI, na sigla em inglês). A Itaúsa figura no DJSI ao lado do Itaú e mais de 300 empresas socialmente responsáveis de todo o mundo. O Índice Dow Jones de Sustentabilidade analisa as empresas pelos critérios de situação financeira, transparência, governança corporativa, relações com investidores, responsabilidade sócio-ambiental , qualidade da gestão e outros. Trata-se da mais importante referência para os fundos internacionais interessados em aplicar em empresas socialmente responsáveis ao redor do mundo;
  • Pela nona vez, a Itaúsa foi incluída na carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BMF&Bovespa. Criado em 2005 pela BM&FBovespa em parceria com entidades governamentais e do setor financeiro, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), é um exemplo de indicador que lista empresas que demonstram comprometimento com a sustentabilidade de sua operação, a responsabilidade social e ambiental e a governança corporativa.
  • Em novembro de 2004, a Itaúsa e sua subsidiária Banco Itaú Holding Financeira tornaram-se as primeiras empresas brasileiras e adotar Regras Operacionais para a Tesouraria, de forma voluntária. As Regras são o resultado de uma ampla pesquisa nacional e internacional sobre as melhores práticas do mercado, e passam a reger todas as negociações de ações de sua própria emissão que o Itaú Holding realiza nas Bolsas de Valores aonde sua ação é negociada. Na visão da Administração, as Regras trazem inúmeros benefícios, entre os quais a redução do rico operacional, financeiro e estratégico, a criação da cultura interna dessas operações no mercado de capitais, a redução da possibilidade de concentração de mercado ou formação indevida de preços, o reforço da estratégia de recompra de papéis focada na preservação da liquidez e do valor para os acionistas e melhores práticas de Governança Corporativa, garantindo maior transparência das operações;
  • Em 06 de julho de 2007, a companhia voluntariamente aderiu às práticas do "Manual de controle e Divulgação de Informações Relevantes" da ABRASCA - Associação Brasileira das Companhias Abertas, lançado na mesma data. Este Manual contém recomendações às Companhias Abertas sobre a adoção de práticas a serem adotadas no tratamento de informações privilegiadas, a fim de se prevenir o  vazamento dessas informações;
  • Reforçando nossa prestação de contas e transparência, disponibilizamos no website de Relações com Investidores informações adicionais ao Edital de Convocação da Assembléia Geral Ordinária e Extraordinária. Essas informações possibilitam um posicionamento antecipado de nossos acionistas sobre os assuntos pertinentes à Assembléia, enriquecendo qualitativamente o debate sobre os assuntos a serem deliberados. Esse material objetiva, portanto, expandir o diálogo com nossos milhares de acionistas ampliando as práticas de Governança Corporativa adotadas pelo Itaú Holding e será confeccionado para todas as Assembléias que vierem a ser realizadas pela Companhia.

Acordo de Acionistas da Itaúsa