Glossário



Palavra Descrição
ABAMEC Associação Brasileira dos Analistas do Mercado de Capitais. Fundada em 1970, é uma associação civil sem fins lucrativos. Congrega analistas do mercado de capitais e relacionados, promovendo atividades socioculturais que objetivam a integração, formação e especialização de seus associados.
ABECIP Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança.
Abertura de Capital Democratização do Capital Social de uma empresa cujas ações pertencem a um determinado número de acionistas.
ABRAPP Associação Brasileira de Entidades Fechadas de Previdência Privada.
ABRASCA Associação Brasileira de Companhias Abertas. Fundada em setembro de 1971, é uma entidade civil de âmbito nacional, sem finalidades lucrativas, cuja personalidade jurídica é distinta das de suas associadas, que são empresas legalmente registradas como companhias abertas.
Ação É um título de renda variável, emitido por companhias ou sociedades anônimas, que representa a menor fração do capital da empresa que a emitiu. O investidor em ações é um co-proprietário da sociedade da qual é acionista e participa de seus resultados, podendo converter as ações em dinheiro a qualquer momento, através da negociação no mercado balcão ou na Bolsa de Valores.
Ação 1ª linha Veja Blue Chips.
Ação 2ª linha Ações de empresas privadas de grande e médio porte com liquidez e procura no mercado de ações.
Ação 3ª linha Ações de empresas privadas de médio e pequeno porte e cuja negociação se caracteriza pela descontinuidade.
Ação cheia (com) Ação cujos direitos ainda não foram exercidos. Estes direitos podem ser: dividendos, bonificação e subscrição.
Ação Escritural Ação nominativa de uma empresa, que não é representada por certificado e funciona como uma conta corrente, onde os valores são lançados a crédito ou débito, não havendo movimentação física desse documento.
Ação listada em bolsa Ação negociada em bolsa de valores.
Ação ordinária (ON) Confere ao acionista direito de voto em assembléias gerais da empresa. Na distribuição dos dividendos da empresa, seus proprietários só recebem sua parcela correspondente depois que os proprietários das ações preferenciais tenham recebido suas parcelas.
Ação preferencial (PN) Garante aos acionistas a prioridade no recebimento de dividendos (geralmente em percentual mais elevado que o atribuído para as ações ordinárias) e no reembolso do capital, no caso de dissolução da empresa.
Ação vazia (ex) Ação cujos direitos já foram exercidos. Estes direitos podem ser: dividendos, bonificação e subscrição.
Ação-objeto Ação sobre a qual se refere a opção negociada no pregão de uma Bolsa de Valores.
Acionista Quem possui ações de uma sociedade anônima.
Acionista majoritário Aquele que detém o controle acionário de uma empresa.
Acionista Minoritário Possuidor de ações de uma empresa sem, no entanto, ter seu controle acionário ou participar do grupo controlador.
ACREFI Associação das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento.
ADEVAL Associação das Empresas Distribuidoras de Valores.
ADR Veja American Depositary Receipt.
ADR Ratio Expressa a relação existente entre os ADRs e as ações no país de origem. No caso do Itaú a relação é 1(ADR) para 500 (ações PN).
Agente Econômico Indivíduos, grupos de indivíduos ou organismos que constituem, do ponto de vista dos movimentos econômicos, os centros de decisão e de ações fundamentais.
Ágio Diferença positiva entre o valor pago e o valor nominal do título.
Ajuste Fiscal Conjunto de medidas que têm por objetivo melhorar a qualidade das receitas e despesas do governo, possibilitando a obtenção de superávits orçamentários no longo prazo.
Alavancagem É o grau de utilização de recursos de terceiros para aumentar as possibilidades de ganhos e lucros , aumentando conseqüentemente o grau de risco da operação. Quando estamos falando de empresas, quanto maior o grau de endividamento, maior sua alavancagem, que chamamos de alavancagem patrimonial.
American Depositary Receipt Os ADRs (American Depositary Receipts) são papéis emitidos e negociados no mercado de capitais dos Estados Unidos (EUA), com lastro em ações de uma empresa não norte-americana. O ADR foi criado com o objetivo de possibilitar o acesso ao mercado de capitais dos EUA para empresas estrangeiras. Existem três níveis de ADR, cada um com exigências crescentes de transparência e adequação às normas norte-americanas. O ADR - Nível I é o que tem menor nível de exigências e é negociado no mercado de balcão norte-americano (denominado OTC - Over the Counter). Os ADRs - Nível II são negociados nas bolsas de valores dos EUA. Cabe ressaltar que neste dois primeiros níveis não há um lançamento de ações novas. E, finalmente, o ADR - Nível III que possui o mesmo grau de exigência do ADR - Nível II, contudo há captação de recursos, pois é lastreado em ações novas.
AMEX - American Stock Exchange A Segunda maior Bolsa Norte-Americana (a primeira é a NYSE - Bolsa de Valores de Nova Iorque). A AMEX negocia cerca de 10% dos papéis negociados no mercado norte-americano.
Amplitude É a diferença entre os preços atingidos por uma determinada ação (máximo e mínimo) em um determinado período de tempo.
Análise Fundamentalista A análise fundamentalista é o estudo das causas que explicam o comportamento dos preços das ações. Através dessas análises, as quais incluem projeções de resultados futuros das empresas estudadas, os analistas procuram determinar se uma ação está subavaliada ou superavaliada em relação ao seu preço atual de mercado
Análise Técnica A análise técnica visa prever as tendências futuras dos preços de um ativo. Esta previsão é baseada em análises gráficas detalhadas dos preços deste ativo, assim como o volume negociado do mesmo.
ANBID Associação Nacional dos Bancos de Investimento. É uma entidade de representação do segmento das instituições financeiras que operam no mercado de capitais. Seus associados são os bancos de investimento e bancos com carteira de investimento.
ANCOR Associação Nacional das Corretoras de Valores, Câmbio e Mercadorias.
ANDIMA Associação Nacional das Instituições do Mercado Aberto. Criada em 1971, é uma entidade civil sem fins lucrativos e de caráter privado. Seu principal objetivo é contribuir para o desenvolvimento de mercados que ofereçam oportunidades de negócios a instituições financeiras, aos investidores e às empresas em geral. Representa bancos comerciais, múltiplos e de investimento, corretoras, distribuidoras de valores e sociedades de crédito e financiamento. Seu modelo de funcionamento tem como principal característica à segurança na liquidação financeira e na custódia dos títulos negociados no mercado financeiro.
ANIMEC Associação Nacional de Investidores do Mercado de Capitais. Fundada no final de 1999, é uma sociedade civil sem fins lucrativos, cuja finalidade principal é representar os interesses dos investidores não controladores (minoritários), visando a defesa dos seus direitos. Objetiva analisar, propor e conduzir ações que consolidem a melhoria do "ativo-ação" e uma maior eqüidade nas relações entre controladores e minoritários.
APIMEC Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais. É uma associação civil sem fins lucrativos. Congrega analistas do mercado de capitais e relacionados, promovendo atividades socioculturais que objetivam a integração, formação e especialização de seus associados.
Apregoação Ato de apregoar a compra ou venda de ações pelo operador (quem intermedeia a compra e venda de ações, representante de uma corretora no pregão de uma Bolsa de Valores). A apregoação deverá ser feita mencionando-se a quantidade de títulos e o preço pelo qual se pretende fechar o negócio.
Arbitragem Estratégia de investir em dois ou mais mercados simultaneamente em busca de lucro sem risco.
Arbitragem Cambial É a operação de compra de uma quantidade de moeda local e na venda de outra quantidade de moeda estrangeira, de maneira que, aplicando-se a paridade entre elas, obtenha-se equivalência de valores.
Assembléia Geral Extraordinária (AGE) Reunião dos acionistas de uma empresa em caráter extraordinário, esta convocação não é obrigatória.
Assembléia Geral Ordinária (AGO) Reunião dos acionistas de uma empresa, cuja convocação é obrigatória, para que haja verificação dos resultados, leitura, discussão e votação dos relatórios de diretoria e eleição do conselho fiscal da diretoria desta sociedade anônima.
Associação Nacional dos Bancos de Investimento Entidade formada por várias instituições financeiras que publica o Índice de Sharpe e o Índice Anbid dos fundos de investimento.
Ativo-objeto Valor mobiliário a que se refere uma opção. Pode ser uma "commodity" (produtos agrícolas, como a soja, até metais, como o ouro), uma taxa de câmbio, uma taxa de juros, o Ibovespa, entre outros.
Aumento de capital Incorporação de novos recursos ou reservas ao capital da empresa.
Aumento do valor nominal Quando ocorre a incorporação de reservas ao capital de uma empresa sem que haja a emissão de novas ações.